3/23/2016

Telescópio espacial captura explosão inédita de supernova


O telescópio espacial da NASA capturou a morte violenta de uma estrela, em uma explosão de luz, visível pela primeira vez.

O telescópio espacial Kepler capturou o primeiro flash de luz, gerado no começo da explosão de uma estrela — fenômeno conhecido como ‘onda de choque’.

A morte explosiva desta estrela, uma supergigante vermelha, chamada KSN 2011d, durou 14 dias — mas sua ‘onda de choque’ durou apenas 20 minutos, e os astrônomos consideram a descoberta um verdadeiro marco científico.

A estrela se encontra a 700 milhões de anos luz da Terra — de modo que a explosão que nós vimos, na verdade aconteceu há muito, muito tempo. 

“Para ver algo que acontece em escalas de tempo de minutos, como é o caso de uma onda de choque, você precisa ter uma câmera monitorando o céu continuamente”, afirmou Peter Garnavich, da Universidade de Indiana.

“Ninguém sabe quando uma supernova irá desvanecer, e o monitoramento do Kepler nos permitiu ser uma testemunha do começo dessa explosão.”

Supernovas como essa — do Tipo II — começam quando o centro de combustão de uma estrela esgota seu combustível nuclear, causando o colapso de seu núcleo devido à força exercida pela gravidade.

À medida que a estrela gigante se consome, a energia liberada por seu núcleo alcança a superfície, com um flash de luz cujo brilho é 130.000.000 de vezes maior que o do sol.

A estrela continua explodindo e crescendo, até atingir seu brilho máximo, que é 1 bilhão de vezes superior ao do sol.

[ Yahoo Brasil ]
Copyright © 2015-2016. Todos os direitos reservados. The Scientific Universe! | Designed By Blogger Templates
Scroll To Top